Sapatos de palhaço feitos em Felgueiras

Os sapatos gigantes e coloridos que calçam os melhores palhaços do país são feitos à mão, em Felgueiras, por um antigo operário da indústria de calçado.Numa pequena oficina, na freguesia de Torrados, não muito longe de algumas das maiores empresas de calçado do país, José Leite Marinho ganha a vida há cerca de 20 anos a fazer manualmente sapatos de grandes tamanhos.Os seus principais clientes são os palhaços que trabalham nos circos portugueses e não só, que apreciam a qualidade do trabalho artesanal do sapateiro de Felgueiras.

“Eles vêm cá encomendar os sapatos que querem. Cada vez são mais”, afirmou à Lusa, enquanto trabalhava num sapato de cores garridas que daqui por dias vai calçar mais um palhaço”.À Lusa, sentado no pequeno banco onde habitualmente trabalha, garantiu ser o único em Portugal
a fazer à mão este tipo de sapatos.Na sua oficina, pode-se ver dezenas de pares já concluídos, quase todos com tamanhos entre 48 e 53, que vão por estes dias ser entregues aos clientes habituais – a maioria palhaços. Quase ao ritmo do trabalho nos circos, é no Verão e por altura do Natal que as encomendas mais crescem.”Nesta altura, não tenho mãos a medir”, observou. As cores garridas e o design arrojado de alguns dos pares partem da imaginação do artesão de Felgueiras, um homem que diz, orgulhoso, ser sapateiro desde pequeno. “Dá-me gosto fazer isto, eu estou sempre a inventar, faço meia dúzia de pares, mas os seguintes já não são bem iguais”, contou, esboçando um sorriso. Cada par de sapato feito à mão demora cerca de um dia a concluir, um trabalho árduo, como provam as cicatrizes dos cortes que tem nas mãos. Por isso – afirmou – os cerca de 150 euros por par que cobra aos seus clientes acabam por ser uma recompensa magra para tanto esforço. “Ainda assim, fico feliz por ver os meus sapatos nos pés de tantos palhaços”, comentou, insistindo em sublinhar: “Faço isto tudo à mão. Lixo as solas e colo a beira. É tudo feito de forma artesanal. Para acabar cinco pares por semana tenho de trabalhar muito mais do que oito horas por dia”. O mérito do trabalho de José Leite Marinho tem sido reconhecido além fronteiras, como provam as dezenas de pares, alguns com quase um metro de comprimento, que já vendeu para palhaços de França, Espanha e Rússia, entre outros países. Dezenas de pares são vendidos a clientes portugueses, mas o sapateiro de Torrados, sabe que muitos desses sapatos são depois comercializados no estrangeiro a preços muito mais elevados. Mas da sua pequena oficina, também saem frequentemente sapatos de grandes tamanhos dirigidos a clientes que não são palhaços. A cada dia que passa, são mais os interessados, sobretudo pessoas de grande estatura, na
aquisição de calçado feito à mão e por medida. Às vezes – contou – até acontece haver clientes que querem levar no mesmo par sapatos de tamanhos diferentes. Além dos sapatos e luvas de grandes tamanhos, o sapateiro também vai fazendo, nas horas vagas, sempre à mão, miniaturas de sapatos com as cores dos grandes clubes portugueses, muito apreciados nas feiras de artesanato da região.

Fonte: http://nativamagazine.wordpress.com/2009/12/23/sapatos-dos-palhacos-feitos-em-felgueiras/
 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s